Pular para o conteúdo
Voltar

PM prende cinco suspeitos e desmonta central do tráfico de droga em Campo Verde

Na casa que seria a central havia duas balanças de precisão, dois cadernos com anotações da movimentação financeira do tráfico, além de maconha, pasta base de cocaína, 10 relógios de pulso, entre outros produtos
Alecy Alves | Secom-MT

A ação policial ocorreu em dois locais no mesmo bairro e levou às cinco prisões e grandes apreensões - Foto por: CAR/PMMT
A ação policial ocorreu em dois locais no mesmo bairro e levou às cinco prisões e grandes apreensões
A | A

No início da tarde desta terça-feira (28.07), policiais do grupo Comando de Ação Rápida (CAR) da Companhia Independente de Polícia Militar de Campo Verde (a 135 km de Cuiabá), unidade do 11º Comando Regional, prenderam quatro adultos e apreenderam um adolescente de 15 anos, desmontando assim uma central de distribuição de droga que funcionava no bairro Eckert.

Na primeira casa, supostamente uma residência, ocorreu a apreensão do adolescente, de 15 anos, e a prisão de um homem de 27, assim como a apreensão de um revólver calibre 38 com cinco munições intactas, além de dezenas de porções de droga. A arma estava escondida no cesto de lixo do banheiro e as munições haviam sido descartadas no quintal.

Em outra casa, no mesmo bairro, que seria a central do tráfico, ocorreram outras três prisões, de três homens, dois de 22 anos e um de 21, e mais apreensões. Lá havia duas balanças de precisão, dois cadernos com anotações que seriam da movimentação financeira do tráfico, maconha, pasta base de cocaína.

No total foram apreendidas 110 porções de droga, boa quantidade de ácido bórico, R$ 757. Essa ação do CAR também resultou na apreensão de uma motocicleta BIZ 125, 11 telefones celulares, 10 relógios de pulso, um televisor 55 polegadas, 10 frascos de cosméticos, mostruário com dezenas de peças que seriam semijoias, entre outros produtos.

Os cinco suspeitos e todo o material apreendido ficaram à disposição da Delegacia da Polícia Judiciária para a medidas legais como atuação por tráfico(artigo 33 – da Lei 11.343/06).

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.