Pular para o conteúdo
Voltar

PM recupera caminhões com bois roubados de fazenda e prende três suspeitos

Diligências continuam a procura do quarto suspeito.
Maricelle Lima Vieira | PMMT

PMMT
A | A

Dois homens 27 e 42 anos foram preso nesta quinta-feira (20.05), por estarem envolvido no sequestro e roubo em uma fazenda na zona rural de Reserva do Cabaçal (a 387 km de Cuiabá). Um adolescente de 17 anos foi apreendido.  

Uma equipe do Núcleo da PM na cidade foi informada de um caminhão parado com problemas mecânicos na rodovia MT-175 e que homens estariam dispensando bois na via. Com a aproximação da viatura, um dos suspeitos correu para uma área de mata e foi detido tempo depois. Era o adolescente de 17 anos carregando  um revólver calibre 38, com seis munições. O que ficou foi rendido e contou detalhes da ação criminosa.

Disse que junto de outros suspeitos tinham amarado duas pessoas na fazenda para roubar o gado da propriedade usando dois caminhões.

Os policiais foram na fazenda e encontraram as vítimas, dois homens, amarados. Eles contaram que por volta das 6h30 foram surpreendidos por quatro homens armados que anunciaram o roubo. Eles confirmaram que todo gado foi colocado em dois caminhões. O que ficou parado na estrada foi devido um problema mecânico.  Ele contou ter sido contratado por outro homem que dava apoio na ação criminosa em um veículo Mitsubishi Pajero.

Foram montados cercos em várias partes da cidade e o terceiro suspeito acabou detido na cidade de Campo Novo do Parecis pela equipe da 16ª Companhia. Ele dirigia o outro caminhão com o restante do bois. Questionado, confirmou a participação no roubo e que foi contratado para dirigir um dos veículos. O serviço era deixar o caminhão e os animais em Nossa Senhora do Livramento. Em seu nome contou ser procurado da justiça com mandado aberto por roubo expedido pela Vara Criminal de Cuiabá.

Diligências continuam a procura do quarto suspeito.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.