Pular para o conteúdo
Voltar

PM eleva unidade a 2ª Companhia Independente de Proteção Ambiental e realiza passagem de novo comando

Criado no ano de 1993, o quartel da ambiental em Rondonópolis, contava no início com nove policiais, que eram os responsáveis pelo policiamento florestal na região.
Greyce Lima | Secom-MT

- Foto por: Sd. Luiz Souza
A | A

A solenidade de elevação de 2ª Companhia de Polícia Militar de Proteção Ambiental para 2ª Companhia Independente de Proteção Ambiental e o rito de passagem de comando foram realizados na última sexta-feira (11), na sede da instituição, em Rondonópolis. Há quase cinco anos  à frente da unidade especializada, o tenente-coronel Daniel Vinicius Salustiano da Silva passou a função de comandante da 2ª Cia ao tenente-coronel Renato Carneiro Macedo.

O comandante-adjunto em substituição legal, coronel Carlos Eduardo Pinheiro da Silva presidiu  a solenidade e destacou a importante decisão do Comando Geral em elevar a unidade da PM para 2ª Cia. A mudança visa fortalecer o atendimento dos policiais ambientais para os mais de 25 municípios na região sul do estado. 

Criado no ano de 1993, o quartel da ambiental em Rondonópolis, contava no início com nove policiais, que eram os responsáveis pelo policiamento florestal na região. Em 2010, a unidade se tornou 2ª Companhia de Polícia Militar de Proteção Ambiental subordinada ao Batalhão Ambiental da PM.   

Desde de setembro de 2016, a unidade era comandada pelo o tenente-coronel Daniel Vinicius Salustiano da Silva que na ocasião passou a função de comandante da 2ª Cia ao tenente-coronel Renato Carneiro Macedo. Tenente- coronel Renato Carneiro ingressou na PM em fevereiro de 2000, recentemente, o militar atuava na Corregedoria Geral da PMMT; exercendo por último a função de corregedor adjunto.

Além do comandante-adjunto Carlos Eduardo Pinheiro da Silva, a cerimônia contou com a participação do comandante do Comando de Policiamento Especializado, coronel José Nildo Silva de Oliveira, do comandante do Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental, tenente-coronel Fagner Augusto do Nascimento, o senador da república Wellington Fagundes, dentre autoridades civis e militares. 

No evento, a Polícia Militar recebeu um número restrito de convidados e adotou todas as medidas de biossegurança como uso obrigatório de máscara, aplicação de álcool em gel e distanciamento social.