Pular para o conteúdo
Voltar

Policiais detém suspeitos durante venda de ‘super droga’ e descobrem rede de tráfico

O público alvo do traficando são caminhoneiros que passam pela Rodovia dos Imigrantes
Maricelle Lima Vieira | PMMT

- Foto por: PMMT
A | A

Policiais do 4º BPM de Várzea Grande descobriram neste domingo (22.08) uma rede de tráfico de droga. Três homens foram rendidos, dois deles entregues na delegacia e um precisou de atendimento médico devido uma overdose durante o procedimento.

A equipe da 3ª Companhia realizava patrulhamento pela Rodovia dos Imigrantes e notou que homens em dois veículos, um Corola e uma caminhonete Ranger, trocavam algo. Foi iniciado o procedimento de abordagem, e encontrado no bolso de um deles uma porção de cocaína e mais porções e pedras da mesma droga dentro dos carros. Um dos homens contou que tinha acabado de comprar o entorpecente.

Durante o procedimento, um dos suspeitos começou a passar mal quando foi colocado no camburão e acabou encaminhado ao Pronto Socorro de Várzea Grande. Ele foi atendido e medicado, sendo diagnosticado com overdose, precisando ficar sob cuidados médicos.

Durante o registro da ocorrência, o seu celular foi apreendido e parava de receber mensagens de grupos de conversas de caminhoneiros com mensagens a procura de entorpecente. Nas mensagens era citada a ‘super droga’ - com a descrição de sintomas de falta de sono e coração acelerado, e observação de se usada em pequenas doses.

Um dos detidos confessou ser motorista de caminhão e que compra a droga frequentemente. Apontando o suspeito que passou mal como o fornecer do entorpecente e responsável em abastecer os caminhoneiros que passam pela Rodovia dos Imigrantes. Acrescentou que o homem age na modalidade disque-entrega, com pagamento via pix, cobrando o valor de de R$ 120 por cada porção.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.