Pular para o conteúdo
Voltar

PM impede furto a agência bancária e prende suspeitos em flagrante em Primavera do Leste

A ocorrência foi entregue para a Polícia Judiciária Civil.
Greyce Lima | Secom- MT

Na ação, a PM apreendeu diversas ferramentas utilizadas pelos suspeitos para furtar a agência bancária. - Foto por: PMMT
Na ação, a PM apreendeu diversas ferramentas utilizadas pelos suspeitos para furtar a agência bancária.
A | A

Policiais militares do 14º Batalhão impediram um furto a uma agência bancária e prenderam a quadrilha em flagrante, na quinta-feira (16.09), na região central, em Primavera do Leste. Dois homens foram presos e uma adolescente de 13 anos apreendida por furto tentado e formação de quadrilha.

Durante a madrugada, os policiais foram acionados por uma empresa de monitoramento privado da agência bancária. De imediato a Polícia Militar foi até o local e identificou barulhos de ferramentas sendo utilizadas na agência pelos suspeitos. Um carro Corolla foi avistado dando apoio aos suspeitos no crime.

Os dois homens que estavam no carro Corolla foram abordados pela PM. Mais dois suspeitos foram vistos pelos policiais tentando fugir pelo telhado da agência, um deles foi capturado, o outro suspeito conseguiu fugir pulando o muro das residências.  

O suspeito preso no telhado da agência, relatou aos policiais que eles furtavam o banco e disse que outro comparsa da quadrilha monitorava a unidade da PM e passando informações para os demais criminosos; o homem foi identificado. O suspeito que conseguiu fugir, segundo os demais comparsas, seria o autor do planejamento do furto.

Na diligência, os policiais prenderam dois homens e uma adolescente de 13 anos que estava no veículo. Materiais e ferramentas como martelete, fios de extensão, cordas, manta térmica utilizada para desativar os sensores de alarmes, esmerilhadeira, politriz dentre outros objetos.  

A adolescente apreendida contou aos policiais que mantém relações sexuais com um dos suspeitos detidos, o homem irá responder por crime de estupro de vulnerável. Todos os suspeitos foram conduzidos para a Delegacia.  A ocorrência foi entregue para a Polícia Judiciária Civil.