Pular para o conteúdo
Voltar

Polícia Militar apreende adolescente por roubo, sequestro e cárcere privado em Pontes e Lacerda

As duas armas de fogo utilizadas no crime foram apreendidas na ação policial
Greyce Lima | Secom-MT

- Foto por: PMMT
A | A

Um adolescente de 15 anos de idade foi apreendido pelo 18º Batalhão por crime de roubo, ameaça sequestro e cárcere privado, na última quinta-feira (02.12), em Pontes de Lacerda. O suspeito mais dois comparsas armados renderam, amarraram e sequestraram as vítimas para roubar um veículo. 

 

De acordo com o boletim de ocorrência, por volta das 4h30, as vítimas comunicaram à polícia, que havia sido vítimas de roubo, cárcere privado e ameaça, e que o veículo VW Amarok CD 4x4 havia sido levado no assalto a residência, no bairro Jardim Almeida.  

 

Os policiais iniciaram as diligências e cercaram a região, quando a equipe de Força Tática constatou que o suspeito estaria em frente ao posto de saúde do bairro Jardim Glória. Na tentativa de abordagem ao suspeito, o adolescente tentou fugir, mas acabou sendo apreendido.  O suspeito confessou que havia participado do roubo a residência e que utilizou o um revólver calibre 32, ele também relatou que contava com o apoio de um comparsa; mas não soube informar o nome do segundo homem envolvido no crime.

 

O adolescente apreendido relatou que o comparsa portava uma pistola calibre 765 e que eles teriam amarrado as vítimas e as colocado dentro da caminhonete da família; seguindo em direção ao Terminal Turístico da cidade.  Em seguida, os suspeitos colocaram as vítimas amarradas atrás do banheiro do local, sob a guarda do adolescente. Que o comparsa saiu com o veículo para buscar o terceiro suspeito e que juntos levaram o veículo para a Bolívia.  

 

As armas de fogo utilizadas no crime foram encontradas pela PM, na ponta do telhado, de uma residência vizinha ao imóvel onde o adolescente reside no bairro Morada da Serra. O suspeito foi apreendido e conduzido para a Delegacia.  A ocorrência foi entregue para a Polícia Judiciária Civil.  

 

Disque -Denúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.