Pular para o conteúdo
Voltar

PM prende quatro pessoas e apreende armas de fogo, munições e colete balístico

Ação policial foi registrada na madrugada desta quinta-feira (08.12)
Hallef Oliveira | PMMT

PMMT
A | A

Três homens e uma mulher foram presos em flagrante pela Polícia Militar, na madrugada desta quinta-feira (08.12), em Várzea Grande. Os suspeitos foram detidos por crimes de ameaça, comércio e porte ilegal de arma de fogo. Com a quadrilha, a PM apreendeu duas pistolas, munições e um colete a prova de balas.

Por volta de meia-noite, a equipe da PM, em patrulhamento pelo bairro Icaraí, foi acionada para verificar uma situação de um suposto assalto a um motociclista. Segundo a denúncia, os suspeitos do crime estariam apontando uma arma de fogo em direção a cabeça da vítima.

Os policiais militares solicitaram apoio de outras equipes e se deslocaram até a região indicada, onde encontraram dois homens em atitudes suspeitas, que estavam em frente a uma residência e tentaram empreender fuga ao visualizarem a viatura da PM. 

A dupla foi abordada e confessou aos policiais que estariam ameaçando o motociclista, negando que estivessem com armas de fogo. As equipes solicitaram realizar buscas pela arma de fogo e foram interrompidas por um casal, que se apresentou sendo os pais de um dos suspeitos detidos, alegando que não havia armas de fogo dentro do imóvel. 

Ao mesmo tempo, do lado de fora da casa, os PMs encontraram uma pistola calibre .380, que um dos suspeitos confessou ter jogado antes da chegada da PM.

Diante da situação, foi autorizada a busca pela residência, onde os policiais militares encontraram uma outra pistola, de calibre .9mm, e munições para os dois armamentos. 

Ainda, foram localizadas duas toucas balaclava e um colete a prova de balas. Questionado sobre o material, um dos homens detidos anteriormente afirmou que estaria comercializando as armas de fogo.

Diante dos fatos, os dois primeiros homens detidos foram conduzidos pelos crimes de ameça e porte ilegal de arma e o casal encaminhado por obstrução do serviço policial. Os quatro suspeitos foram levados para a Central de Flagrantes, com todo o material apreendido, para registro da ocorrência e demais providências.

Disque-denúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.