Pular para o conteúdo
Voltar

Estudantes usam simulacro para ameaçar colega e geram briga na escola

Além da vítima de 17 anos, os dois suspeitos, de 17 e 16 anos, também foram parar na delegacia para registro do fato.
Eliana Bess | PM/MT

2CR/PMMT
A | A

Uma briga entre estudantes da Escola Estadual Adalgisa de Barros, em Várzea Grande, resultou na condução de três adolescentes para a Delegacia de Polícia, sendo dois suspeitos e a vítima. Na ação, ocorrida por volta das 9h desta quinta-feira (24.05), um deles teria sacado uma arma da cintura, na verdade um simulacro de revólver cinza, e ameaçado o colega. Um policial de folga que passava pelo local avistou a situação e o momento em que um deles sacou a arma.

A Polícia Militar do 2º Comando Regional foi acionada e ao comparecer ao local confirmou as primeiras informações com o soldado PM Raziel, que até, então, acreditava-se ser uma arma de fogo de verdade.  Na abordagem o estudante B.P.S., 17 anos, retirou o armamento da cintura e foi constatado que se tratava de um simulacro (de brinquedo), semelhante a revólver.

A vítima V.O.S.P., 17 anos, declarou que o conflito entre os estudantes aconteceu após os suspeitos B.P.S., 17 anos e G.E.S., 16, utilizarem a arma de brinquedo com a finalidade de ameaçá-lo. Os alunos foram apresentados na Delegacia de Polícia para as providências cabíveis. A escola está localizada próximo ao Comando Regional de Várzea Grande.